Segunda, 18 de dezembro de 201718/12/2017
(92) 98115-8357
Nublado
24º
26º
28º
Manaus - AM
Erro ao processar!
Camp Gov Am Mene - Parte 1
POLÍCIA
Jovem é preso suspeito de matar professor universitário em Manaus
Uma cobrança de dívida teria motivado o crime, que ocorreu no dia 5 de outubro.
Portal Holofote Manaus - AM
Postada em 29/11/2017 ás 16h44 - atualizada em 30/11/2017 ás 17h19
Jovem é preso suspeito de matar professor universitário em Manaus

Jovem foi preso e confessou o crime, segundo a polícia (Foto: Ariane Alcântara/G1 AM)


 


Um jovem de 19 anos foi preso suspeito de matar um professor universitário em Manaus. O crime ocorreu no dia 5 de outubro deste ano, no bairro Nova Cidade, na Zona Norte. A vítima, de 51 anos, foi morta a facadas após uma suposta cobrança de uma dívida.


Fernando Souza Oliveira foi preso na segunda etapa do Distrito Industrial, na Zona Leste, na terça (28). Ele foi apresentado em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (29), no prédio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd). O suspeito não quis comentar as acusações.


Segundo a polícia, a mãe de Fernando trabalhava como doméstica para o professor. A vítima teria comprado um celular para a mulher, que não teria pagado as prestações. Durante uma compra, o professor recebeu a informação de que estaria inadimplente e passou a cobrar a mãe do suspeito, o que teria motivado o crime.


De acordo com o delegado titular da Derfd, Adriano Félix, o suspeito confessou o crime e deu detalhes de como cometeu o delito. Inicialmente, o caso era tratado como um latrocínio.


“A gente concluiu que não se tratava de latrocínio e sim de um homicídio qualificado, tendo em vista que o suspeito planejou e executou toda a ação. Ele chamou a vítima para negociar o valor do celular. Segundo o suspeito, a vítima estaria ameaçando a mãe dele e por isso ele resolveu matá-la”, explicou.


A polícia informou que, no dia do crime, o suspeito teria ligado para a vítima informando que iria pagar a dívida da mãe. O suspeito marcou um encontro com o professor e, quando a vítima chegou ao local marcado, o suspeito o atingiu com três golpes de faca no pescoço. O professor morreu dentro do seu veículo, um carro modelo Renault Sandeiro.


Com o suspeito, a polícia apreendeu o celular da vítima, que foi roubado no dia do crime e estava sendo utilizado por ele.


De acordo com o amigo do professor Ozenir Alves, de 58 anos, a vítima morava com a mãe, uma idosa de 74 anos. “A mãe dele estava doente. Ele fez até uma promessa de que se ela ficasse boa, ele a levaria para o Círio de Nazaré”, contou.


O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado, em concurso de material de furto. Ele será levado para o Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM).


FONTE: G1/AM
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
13.418
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados