Quinta, 19 de julho de 2018
(92) 98115-8357
Esportes

24/11/2017 ás 14h24

12.066

Portal Holofote

Manaus / AM

Atleta afirma que foi estuprada por companheiro de seleção
Violência sexual teria acontecido após consumo de bebida alcoólica
Atleta afirma que foi estuprada por companheiro de seleção
Moa Hjelmer foi campeão europeia em 2012 (Foto: Reprodução/Internet)

 


Campeã europeia dos 400m rasos em 2012, a sueca Moa Hjelmer revelou ter sido estuprada por um companheiro de seleção de atletismo em 2011. Ela revelou o ocorrido em sua conta do Instagram, fazendo parte da campanha #metoo, que tem encorajado mulheres a denunciarem seus agressores nas últimas semanas.


"Todos estavam felizes, com o humor nas alturas, e celebramos com um banquete e depois na boate. Bebi um pouco de álcool, e um colega se ofereceu para ir comigo de volta para o hotel. Nós terminamos em seu quarto, ele disse para eu sentar ao seu lado na cama. Eu disse que ia para a minha. Ele afirmou que eu podia dormir ali com ele. Ele era significantemente mais velho do que eu e casado, eu me senti confiante e achei que podia confiar nele", publicou.


A violência sexual teria acontecido após uma vitória da equipe sueca. Moa não revelou o nome do companheiro de seleção. Ele teria se aproveitado do fato da atleta ter ingerido bebidas alcoólicas.


"Eu tinha namorado, então disse não. Ele me toca e insiste. Não digo mais nada. Ele tira minhas roupas. Eu congelo, não consigo me mover. Não digo mais nada. Ele me viola. Quando acabou, levantei minhas coisas e fui embora. Estava com vergonha. O que fiz de errado? Eu sempre fui forte e confiante e sabia que não era culpa minha, apesar de ter demorado seis anos antes de eu me atrever a contar", acrescentou a atleta, de 27 anos.


Na publicação, a atleta sueca não chega a dizer se denunciou o agressor formalmente ou se apresentou alguma queixa crime. De acordo com a legislação da Suécia, o prazo para prescrição em casos de estupro é de dez anos.

FONTE: O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados