domingo, 24 de junho de 2018
(92) 98115-8357
Educação

08/11/2017 ás 00h10 - atualizada em 09/11/2017 ás 16h05

35.429

Portal Holofote

Manaus / AM

Após espalhar mentiras, professora Eglê Wanzeler é desmascarada pela imprensa
O fato é que, depois de denunciar no Facebook que sofreu suposta perseguição por parte da Semed, tendo sua carga horária diminuída e salário reavaliado pela pasta, foi constatado que o real motivo das mudanças nada têm a ver com retaliação.
Após espalhar mentiras, professora Eglê Wanzeler é desmascarada pela imprensa
Foto: Arquivo/Internet

 


Após expor diversas vezes nas redes sociais denúncias inverídicas sobre a  Secretaria Municipal de Educação (Semed) e sua gestora, Kátia Schweickardt, a professora Eglê Wanzeler, conhecida por fazer barulho,  foi desmascarada pela própria imprensa.


O fato é que, depois de denunciar no Facebook que sofreu suposta perseguição por parte da Semed, tendo sua carga horária diminuída e salário reavaliado pela pasta, foi constatado que o real motivo das mudanças nada têm a ver com retaliação.


Documentos comprovam que a professora, que também dá aulas na Universidade do Amazonas (UEA) desde 2008, estava agindo de má-fé e acumulando ilegalmente carga horária de 40 horas semanais tanto na Semed quanto na UEA, totalizando 80 horas semanais, o que é proibido de acordo com a legislação.


Depois de ter tido a carga horária corrigida no Município, a funcionária, em fúria, espalhou várias mentiras pela internet, com intuito de manchar o nome do órgão ao qual trabalha, sem medir consequências.


Sem ponderação alguma em relação ao ofício que desempenha,  a servidora deixa claro que tem se prestado ao papel de disseminar calúnias e difamações sobre a Secretaria Municipal de Educação, por razões unicamente políticas, tendo em vista que  a mesma desde o mês passado tem levado à mídia local informações mentirosas sobre a Semed, com propósito de 'aparecer' e causar tumulto. Nos manifestos dos educadores, realizados recentemente na cidade, Eglê foi vista junto a partidaristas do PT articulando as movimentações.


A pergunta é: Qual o real objetivo da professora Eglê? Ou será que ela está a serviço de alguém?

FONTE: Portal Holofote

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Bastidores do Poder

Bastidores do Poder

Blog/coluna É uma coluna do Portal Holofote que publica assuntos sobre Política, Justiça e Economia.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados