domingo, 22 de abril de 2018
(92) 98115-8357
Internacional

05/09/2017 ás 11h37

12.394

Portal Holofote

Manaus / AM

‘A Coreia do Norte está implorando pela guerra’, dizem EUA
A embaixadora declarou também que os Estados Unidos não querem guerra, mas vão se defender das ameaças norte-coreanas aos territórios americanos.
‘A Coreia do Norte está implorando pela guerra’, dizem EUA
Foto: South Korean Defence Ministry

 


Os Estados Unidos pediram ao Conselho de Segurança da ONU nesta segunda-feira que imponha “as medidas mais duras possíveis” contra a Coreia do Norte, em resposta a seu sexto e mais potente teste nuclear. “Apenas as sanções mais duras vão nos possibilitar resolver esse problema pela diplomacia”, alegou a embaixadora americana na organização, Nikki Haley, em uma reunião de emergência do órgão. Haley afirmou que o teste do último sábado é um sinal claro de que o tempo para medidas paliativas acabou e que Kim Jong-un está “implorando por uma guerra”.


A embaixadora declarou também que os Estados Unidos não querem guerra, mas vão se defender das ameaças norte-coreanas aos territórios americanos.  “A guerra nunca é algo que os Estados Unidos desejam – não queremos isso agora”, disse Haley. “Mas a paciência do nosso país não é ilimitada. Vamos defender nossos aliados e nosso território”, completou.


Para Haley, a abordagem de sanções graduais do Conselho não funcionou. “A Coreia do Norte vem desafiando resoluções da ONU há vinte anos”, disse. “Apesar de nossos esforços, o programa nuclear está mais avançado e mais perigoso do que nunca”, completou.


A reunião do Conselho de Segurança foi convocada em resposta ao último teste nuclear de Kim Jong-un e, diferentemente dos últimos encontros sobre a Coreia do Norte, aconteceu em uma sessão aberta. Apenas neste ano, o Conselho se reuniu outras nove vezes para discutir as ameaças de Pyongyang.


A embaixadora afirmou que os Estados Unidos olharão para todos os países que fazem negócios com a Coreia do Norte como apoiadores do regime de Kim Jong-un. Ontem, o presidente americano Donald Trump ameaçou no Twitter interromper todo o comércio com qualquer país que faça negócios com a Coreia do Norte.

FONTE: Revista veja

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados