Quinta, 17 de agosto de 201717/8/2017
(92) 98115-8357
Parcialmente nublado
26º
30º
35º
Manaus - AM
dólar R$ 3,17
euro R$ 3,72
ApaMoveis--PneuForte
ESPORTES
Fluminense vence o Atlético-GO no Maracanã
Próximo compromisso do Tricolor será diante do Santos, no dia 14
Portal Holofote Manaus - AM
Postada em 06/08/2017 ás 11h27
Fluminense vence o Atlético-GO no Maracanã

Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.

 


A emoção tomou conta do Maracanã, na noite deste sábado, no primeiro jogo do técnico Abel Braga diante dos torcedores do Fluminense após a morte de seu filho João Pedro. Dentro de campo, o Tricolor não decepcionou e venceu o Atlético-GO, por 3 a 1.


Os gols do Tricolor foram marcados por Wendel, Wellington Silva, os dois primeiros na etapa inicial, e por Henrique Dourado, já no segundo tempo. Já pelo Dragão, Paulinho deixou sua marca, no primeiro tempo.


Com a vitória, o Fluminense chegou a oitava posição, com 25 pontos. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o tricolor carioca vai enfrentar o Santos, no próximo dia 14, no Pacaembu. Já o Atlético-GO encara o Coritiba, em casa, no dia 12.


Homenagem


Antes da bola rolar, o silêncio tomou conta do Maracanã, em homenagem a João Pedro Braga, filho de Abel Braga que faleceu há exatamente uma semana. O técnico olhou para o céu e se emocionou.


O treinador do Fluminense, emocionado, reverenciou o torcedor tricolor e foi centro das atenções no gramado do Maraca. A torcida vibrou e soltou o grito: "Guerreiro, guerreiro, guerreiro... Abelão guerreiro!".


"Eu amo meu país, amo meus torcedores, amo meu clube, amo meus jogadores, eu amo JonJon e os olhos azuis", comentou o treinador ao término da homenagem, com a voz muito embargada.


O jogo


Com a bola rolando, desde os primeiros minutos, o Fluminense foi melhor e abriu o placar logo aos 14 minutos, quando Wendel recebeu dentro da área, deu excelente drible no marcador e tocou na saída de Felipe Garcia. Acompanhado de outros jogadores, o volante foi ao banco comemorar com o seu treinador.


O jogo parecia controlado até que, aos 22 minutos, Henrique perdeu a bola dentro da área e Paulinho bateu firme, no alto, para empatar. Mas, com a excelente movimentação de seu sistema ofensivo e a boa partida de Gustavo Scarpa, Wellington Silva e Henrique Dourado, o Fluminense mandou tranquilamente no jogo após o gol.


Apenas dez minutos depois, Wellington Silva recebeu na entrada da área, levantou a cabeça e finalizou cruzado, no canto e colocado, sem qualquer chance para Felipe Garcia.


E, já aos 12 do segundo tempo, em outro bonito gol do Fluminense, Henrique Dourado aproveitou bola rebatida dentro da área e chutou no canto. Era a coroação de uma noite em que o futebol, se ficou em segundo plano, ultrapassou as quatro linhas em sua merecida homenagem a Abel.

FONTE: O Dia
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
24.630
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados