Quinta, 21 de fevereiro de 2019
(92) 99183-2565
Cidades

13/02/2019 ás 11h15 - atualizada em 15/02/2019 ás 09h51

17

Larissa Botelho

Manaus / AM

Menino morre no metrô de SP
Segundo o laudo, ele morreu nos trilhos no metrô.
Menino morre no metrô de SP
Divulgação

O fim de 2018 marcou para sempre a vida de Linéia Oliveira Silva. Em 23 de dezembro, Luan, 3 anos, filho dela, morreu nos trilhos do metrô de São Paulo. Em depoimento à jornalista Thalita Peres, da revista Marie Claire, a mãe contou como tudo ocorreu. “Entramos no vagão do metrô, eu, meu filho mais velho Isaque e Luan, que era muito arteiro. Como estava cheio, o resto da família entrou em outro vagão”, disse.


De repente, quando o metrô parou em outra estação, Luan saiu do colo dela e passou pela porta que estava se fechando. “Eu desesperei. Gritei, bati… As pessoas, que também estavam no metrô, se desesperaram. Gritaram para parar, mas não conseguiram”, contou. Em seguida, avisaram aos funcionários e voltaram à estação em que o menino desceu.


Com toda a situação, Linéia acabou tendo um aborto espontâneo e foi internada no hospital. Apesar de comprovado que o menino fugiu, o ex-marido acusou a mãe de ter sido a responsável pela morte do menino. “Eu não matei meu filho. Só quero justiça”, disse.

FONTE: Metrópoles

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados