Quarta, 16 de janeiro de 2019
(92) 99183-2565
Polícia

10/01/2019 ás 16h08

139

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Presos suspeitos de executarem dupla dentro de condomínio em Manaus
Magrão e Guigui foram presos na comunidade Raio do Sol. O crime aconteceu em outubro do ano passado
Presos suspeitos de executarem dupla dentro de condomínio em Manaus
Reprodução

Apontados pela polícia como membros de uma quadrilha de tráfico de drogas, Hulison Aroucha da Silva, de 21 anos, conhecido como "Magrão", e Richarlilson Barbosa Ribeiro, de 35 anos, o "Guigui", foram apresentados na manhã desta quinta-feira (10), durante coletiva de imprensa no prédio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).


Eles são acusados de matarem a tiros, em um condomínio residencial, no dia 1° de outubro do ano passado, Alessandro Praia da Silva Filho, de 40 anos, e Ricardo Almeida da Cruz Filho, de 32 anos. 


De acordo com o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, as vítimas usavam tornozeleira eletrônica e eram envolvidas com o tráfico de drogas. A dupla foi presa na última terça-feira (9), na comunidade Raio do Sol, bairro Nova Cidade, Zona Norte.


O crime


Na noite do crime, "Guigui" e "Magrão", e outros dois homens, um deles identificado como "Babão", entraram no condomínio Verona, no quilômetro 4 da BR-174, em um carro modelo Ford/Fiesta, de cor branca, e executaram a dupla.


"Foi uma ousadia desses dois criminosos entrarem em um condomínio fechado. Um deles, "Guigui", fingiu estar interessado em alugar um imóvel e se identificou na portaria. Mas na verdade era um pretexto para chegar ao apartamento onde as vítimas estavam. A motivação, como sempre, foi o tráfico de drogas", disse o delegado Paulo Martins. 


O delegado ressaltou, ainda, que os criminosos fazem parte de uma grande quadrilha do tráfico de drogas, que domina a comunidade Raio do Sol. Outros homens envolvidos no duplo homicídio já foram identificados e devem ser presos. 


Richarlilson e Hulison foram indiciados por homicídio qualificado. Eles ficaram à disposição da Justiça no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da rodovia federal BR-174.

FONTE: Em Tempo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados