Quinta, 13 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Geral

04/12/2018 ás 21h45 - atualizada em 04/12/2018 ás 22h25

3.651

Portal Holofote

Manaus / AM

Carrefour é condenado a indenizar cliente que teve moto furtada em Manaus
O furto ocorreu na unidade do bairro Adrianópolis, localizada na Av. Jornalista Humberto Calderaro, em Manaus.
Carrefour é condenado a indenizar cliente que teve moto furtada em Manaus
Arte: Portal Holofote

O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM) determinou que o Carrefour Comércio e Indústria Ltda. deve indenizar Pablo Raphael Nunes Silva por ter sua motocicleta furtada dentro do estacionamento do supermercado enquanto fazia compras. O cliente será indenizado em R$ 3 mil por danos materiais. O furto ocorreu às 9h53 da manhã do dia 08 de maio de 2017, na unidade do bairro Adrianópolis, localizada na Av. Jornalista Humberto Calderaro, em Manaus.


A juíza Cláudia Monteiro Pereira Batista, titular da 13ª Vara do Juizado Especial Cível, entendeu que o Código de Defesa do Consumidor impõe o princípio da segurança no fornecimento dos serviços, sob pena de responder independentemente de culpa pelos danos que causar ao consumidor.


Além disso, o juiz lembrou que “...a responsabilidade da parte ré é objetiva e esta não demonstrou a segurança no serviço prestado, ou ainda, não trouxe a lume uma das causas excludentes desta responsabilidade, sendo o risco inerente ao negócio e este deve ser assumido pelo detentor do serviço e não pelo consumidor.”.


Para o renomado advogado Dr. Thiago Botelho, que atuou na defesa da vítima, a justiça cumpriu o seu dever.  “Qualquer dano ocorrido no estacionamento de estabelecimentos comerciais deve ser ressarcido, conforme estabelece o art. 14 do CDC. Trata-se de responsabilidade objetiva, ou seja, independente da atitude culposa do estabelecimento”, disse Botelho.


O advogado lembra ainda que para resguardar seus direitos, é recomendável que o consumidor guarde o ticket ou bilhete de estacionamento. “É importante guardar esses tickets porque trata-se de prova da relação de guarda do veículo no dia e hora lá referidos. Além disso, o consumidor precisa fazer um Boletim de Ocorrência, tirar fotos do local e solicitar as imagens do circuito interno de TV e/ou consiguir testemunhas do evento danoso.


Confira a sentença na íntegra abaixo:



FONTE: Portal Holofote

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados