Sexta, 14 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Entretenimento

10/10/2018 ás 17h49

185

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Ana Paula Renault e Nadja Pessoa disputam permanência em ‘A Fazenda’
Com a vitória, Santo escapou da roça, ganhou imunidade ao se tronar o novo fazendeiro e poderá indicar um participante para a formação da próxima roça
Ana Paula Renault e Nadja Pessoa disputam permanência em ‘A Fazenda’
Divulgação

Em uma prova de sorte, o humorista Evandro Santo, mais conhecido como Christian Pior, conseguiu montar um mosaico com a imagem do chapéu da Fazenda e se tornou o novo líder do reality. Com a vitória, Santo escapou da roça, ganhou imunidade ao se tronar o novo fazendeiro e poderá indicar um participante para a formação da próxima roça. 


O humorista estava na berlinda ao lado de Ana Paula Renault e Nadja Pessoa. Ele havia sido indicado por Rafael Ilha, que havia recebido o poder especial de enviar alguém direto para a roça. Já Ana Paula e Nadja disputam a permanência no reality. A pedido, a jornalista foi mandada para a roça pelos participantes da casa. Já Nadja foi escolhido pelo fazendeiro da Essa é a terceira roça do reality A Fazenda, da Record, que será definida na próxima quinta (11). Apesar de ter pedido para ir à roça com Nadja, Ana Paula quase venceu o desafio na noite desta terça. A prova de sorte consistia em girar uma roleta e montar a imagem do chapéu do fazendeiro. 


Por sorteio, Ana Paula Renault iniciou o jogo, seguida por Nadja Pessoa e Evandro Santo. Depois de várias rodadas, Ana Paula e Nadja não tiveram sorte para completar o chapéu. Na última rodada, antes da vitória do humorista, Ana Paula e Nadja caíram na opção “passar a vez”.


Com isso, Santo precisa apenas de dois quadrados para completar o mosaico. Ao girar a roleta, o nome foi selecionado e ele abriu a caixa com três quadrados, completando o desafio e se tornando fazendeiro. 


Briga


Ana Paula e Nadja protagonizaram uma série de discussões nos últimos dias no reality, o que fez o grupo Água abandonar a estratégia de voto e gerou uma série de desconfianças e desentendimentos envolvendo os outros participantes também. 


O problema começou na segunda-feura (1º) após o grupo Água se reunir para tentar definir uma estratégia de voto. Nadja chegou a questionar uma possível armação para formação da roça, o que levou a uma discussão, com direito ao corte da transmissão 24 horas pela Record. 


Na terça (2), o clima continuou tenso, e Ana Paula chegou a dizer que, se a rival retornasse da roça, ela poderia deixar o programa. Já Nadja,  interagiu pouco com os colegas e disse que está com a consciência tranquila: “Eu sei que eu estou certa em tudo o que estou fazendo”, disse.


Na madrugada da última quarta (3), Rafael Ilha conversou com Nadja e sugeriu que ela procurasse tratamento devido a uma suposta “paranoia de perseguição”. “Você nunca procurou um psicólogo para fazer um tratamento? Às vezes tem coisa que a gente fica com uma paranoia de perseguição, e não é”, apontou o peão. 


“Tu acha que é perseguição o que eu estou vivendo aqui? Isso aqui é bem claro”, respondeu a empresária. “Eu me coloquei da forma errada. Tem exceções, mas é a grande maioria. Praticamente 11 pessoas”, lamentou a peoa.

FONTE: Amazonas1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados