Quarta, 12 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Política

03/10/2018 ás 18h35 - atualizada em 03/10/2018 ás 19h24

12.854

Portal Holofote

Manaus / AM

Igreja convida fiéis para culto e David Almeida aparece para pedir votos
Procurador afirma que se trata de crime eleitoral.
Igreja convida fiéis para culto e David Almeida aparece para pedir votos
Arte: Portal Holofote (Imagem: Reprodução/Facebook)

Alguns membros da Igreja Evangélica Geração Apostólica Pescadores de Almas (GAPA) procuraram a reportagem do Portal Holofote para mostrar insatisfação com os pastores e bispos responsáveis pelos cultos da igreja. É que na noite do último domingo, 30, todos os fiéis da denominação religiosa foram convidados a participarem de um grande culto, batizado de “Fruto Fiel”. O local escolhido para o evento que acontece uma vez ao ano foi o Centro de Convenções Canaã, no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus.


Até aí, tudo bem. O que os fiéis não esperavam era que, em determinado momento, o candidato ao cargo de governador David Almeida, do PSB, apareceria com assessores e candidatos de sua coligação para “participarem” do evento religioso. A ida de David ao evento da GAPA, que deve ser investigada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), deixou muitos membros da igreja insatisfeitos. “Isso além de imoral por usar a fé dos fiéis é crime eleitoral”, disse um membro que preferiu não se identificar.


Em vídeos enviados à nossa redação, os líderes da igreja aparecem claramente fazendo campanha para David Almeida através de transmissões ao vivo na rede social Facebook.



Crime eleitoral


De acordo com o procurador Regional Eleitoral, Dr. Marcos Nassar, o “abuso de poder religioso” acontece quando um templo é utilizado para favorecer um candidato. “Nesse caso não é multa: é cassação do registro eleitoral e inelegibilidade dos envolvidos por oito anos”, esclarece.


“Não se pode distribuir panfletos no templo, não se pode usar o púlpito para pedir votos, não pode nada daquilo que configure propaganda”, lembra Nassar. “Se o líder religioso, pastor, padre, utiliza o púlpito para fazer propaganda, isso é um ilícito eleitoral. Cabe a aplicação de multa, e dependendo da repetição de condutas, isso pode ser configurado como abuso de poder religioso”, assegura.


A lei eleitoral também proíbe que um candidato prometa dinheiro, vantagens ou cargos, por exemplo a uma organização religiosa.


O fiel que testemunhar qualquer uma dessas práticas poderá fazer uma denúncia – desde que devidamente comprovada – pelo site do Tribunal Regional Eleitoral de seu estado ou encaminhar ao Ministério Público para as providências cabíveis.


Nós tentamos falar com o candidato David Almeida através do número +55 92 9111-**10, mas nossas ligações foram encaminhadas para a caixa postal.


Também não conseguimos contato com os líderes da Igreja Gapa.






FONTE: Portal Holofote

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Especial Eleições 2018

Especial Eleições 2018

Blog/coluna Página especial com notícias e informações sobre os pré-candidatos às vagas de: deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados