domingo, 21 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Geral

02/10/2018 ás 10h37 - atualizada em 02/10/2018 ás 14h00

3.289

Portal Holofote

Manaus / AM

Governo de Amazonino gasta mais de R$ 41 milhões em passagens e diárias
Com o valor, seria possível, por exemplo, construir pelo menos dois prédios de quatro andares para a ampliação Fundação Cecon.
Governo de Amazonino gasta mais de R$ 41 milhões em passagens e diárias
Arte: Portal Holofote (Foto: Arquivo/Internet)

Mais de R$ 41,25 milhões. Esse foi o valor gasto pelo governo de Amazonino Mendes (PDT), de janeiro a setembro de 2018, com passagens aéreas e diárias para órgãos da estrutura do Executivo Estadual, conforme dados do portal da Transparência.


Com o valor, seria possível, por exemplo, construir pelo menos dois prédios de quatro andares para a ampliação Fundação Cecon, hospital destinado ao tratamento do câncer em Manaus.


Em 2017, o Estado desapropriou um terreno no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste, para a expansão do hospital, que custaria cerca de R$ 15 milhões. Mas, após a cassação de José Melo (Pros), por compra de votos, o projeto foi abandonado pelos governos de David Almeida (PSB) e Amazonino Mendes, ambos candidatos ao Governo do Estado nas eleições deste ano.


De acordo com o Transparência, só em diárias, as administrações direta e indireta, além de autarquias, entre outros, consumiram R$16,9 milhões, no acumulado do ano. As passagens aéreas, para deslocamento de funcionários e servidores para estados brasileiros e para o exterior, somaram R$ 24,33 milhões.


O Tratamento Fora de Domicílio (TFD), da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), continua sendo o programa com maior gasto em passagens aéreas. Ele é utilizado para viabilizar deslocamento de pacientes que precisam de tratamento de saúde em outras unidades da Federação, no caso da ineficiência do Estado para ofertá-los. Foram R$ 11,77 milhões, ao todo, o equivalente a 48% do total.


No caso das diárias, o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), foi o que obteve o maior gasto: R$ 4,72 milhões, o que corresponde a 28% do total. Segundo as disposições gerais, os dados são do Sistema de Controle de Diárias e Passagens, instituído pelo decreto estadual n 26.337, de 12 de dezembro de 2006, o qual regulamenta a concessão dos dois benefícios no Governo.

FONTE: Blog do Mário Adolfo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados