domingo, 21 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Brasil

27/09/2018 ás 17h27

617

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Preta Gil apoia campanha anti-Bolsonaro e diz: ‘Já senti na pele a fúria dele’
Preta Gil se manifestou sobre o movimento #EleNão
Preta Gil apoia campanha anti-Bolsonaro e diz: ‘Já senti na pele a fúria dele’
Reprodução

Preta Gil se manifestou sobre o movimento #EleNão, contra o candidato Jair Bolsonaro, e aproveitou para alfinetar a Anitta. Após ser criticada por não se posicionar contra o presidenciável do PSL, a funkeira aderiu a um rápido desafio online feito por Daniela Mercury — o desafio, contudo, morreu na praia, já que as desafiadas de Anitta, Ivete Sangalo e Claudia Leitte não se manifestaram, enquanto Preta fez um textão sobre o caso.


“Não preciso ser desafiada para falar o que já é óbvio, público e notório há sete anos”, disse Preta em post no Instagram, que acompanha um vídeo de quando ela questionou o então deputado sobre como ele reagiria se um de seus filhos se apaixonasse por uma negra. Na ocasião, Bolsonaro respondeu: “Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco. Meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como, lamentavelmente, é o teu”.


“Parece até que se esqueceram desses vídeos, pode até ter edição, mas a intenção de me agredir não teve. Não tem como eu apoiar um candidato que fez agressões gratuitas, calúnias e difamações a mim, a minha família e a tantos outros”, diz a cantora, filha de Gilberto Gil. “Eu já senti na pele a fúria do mesmo e de seus eleitores, e não me intimidei, nem entrei no jogo da violência, segui sendo quem eu sou, lutando pelos meus ideais com amor e respeito e defendendo o que considero certo sem precisar ofender ninguém.”


Preta ainda afirmou que não se sente no direito de desafiar ninguém a declarar repúdio ou apoio a um candidato. “Cada pessoa se posiciona ou não, por livre e espontânea vontade e deve ser respeitada.”


A cantora ainda ressaltou que sua hashtag é mais longa que das colegas celebridades: “#souelenãohá7anos e sei que está difícil, que estamos cansados, mas não podemos deixar o ódio dominar nossas vidas. Vote em quem quiser, mas não agrida ninguém, não ameace as pessoas. Sigo aqui na paz lutando por mim e por todos e todas que são diariamente atacados por discursos e atitudes racistas, homofóbicas e machistas.”

FONTE: Amazonas1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados