domingo, 21 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Geral

27/09/2018 ás 12h50 - atualizada em 28/09/2018 ás 10h43

3.487

Portal Holofote

Manaus / AM

Governo do Amazonas paga R$ 4,2 milhões a empresa de artigos fotográficos
O pagamento foi para a locação de embarcações, porém, a empresa que recebeu os milhões tem como atividade principal o “comércio varejista de artigos fotográficos e para filmagem”.
Governo do Amazonas paga R$ 4,2 milhões a empresa de artigos fotográficos
Reprodução/Internet

O Governo do Amazonas pagou, através da Casa Militar, R$ 4.26 milhões à empresa Iomar C de Oliveira, em 2018, para a locação de embarcações para o deslocamento de autoridades e para suprir as necessidades do órgão, segundo dados do portal da Transparência. A empresa tem como atividade principal o “comércio varejista de artigos fotográficos e para filmagem”, conforme dados da Receita Federal.


Apesar de ser legalmente permitida às empresas exercerem diversas atividades, além da principal, o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ -04.769.766/0001-96), disponível no link de comprovante de inscrição e situação cadastral da empresa, na base da Receita, não traz informações sobre em quais ramos de atuação a Iomar C de Oliveira se faz presente e nem dados sobre o capital social.


No último dia 21, o órgão homologou o resultado de mais um pregão eletrônico, que deu como vencedora a Iomar C de Oliveira, tendo como objeto a locação de uma única embarcação, ao custo de aproximadamente R$ 2,4 milhões.


Na portaria, relativa ao pregão eletrônico 1042/2018, não consta o período de vigência do contrato, como normalmente ocorre. O documento, assinado dia 20 de setembro, traz apenas informações básicas, como o porte do barco, que deve ter 38 metros de comprimento.


No portal da Transparência, constam 17 notas de empenho em nome da empresa, com valores pagos que variam de R$ 159.660 até R$ 392 mil. Boa parte dos pagamentos ocorreram de forma indenizatória, e sem licitação, tendo como fundamento legal o artigo 59, da Lei 8.666, conhecida popularmente como Lei de Licitações. 

FONTE: Blog do Mário Adolfo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados