domingo, 20 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Política

22/09/2018 ás 11h47 - atualizada em 22/09/2018 ás 13h06

12.128

Portal Holofote

Manaus / AM

BOMBA: UOL afirma que Amazonino nomeou chefe do tráfico para cargo no governo
"Traficante condenado ganha cargo público e vira cabo eleitoral", diz o subtítulo da reportagem do UOL.
BOMBA: UOL afirma que Amazonino nomeou chefe do tráfico para cargo no governo
Arte: Portal Holofote (Foto: Divulgação)

O site UOL, maior portal de notícias do país, fez uma grave acusação contra o Governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), candidato à reeleição nas eleições deste ano. De acordo com a reportagem publicada neste sábado, 22, Amazonino teria nomeado um traficante de drogas condenado pela justiça, identificado como Carlos Condera Nascimento Filho, 35, para um cargo no Governo. Ele é apontado pela polícia como um dos principais distribuidores de drogas nas zonas norte e leste de Manaus.


De acordo com a publicação, a sorte de Condera começou a mudar a partir de outubro de 2017, logo após Amazonino Mendes vencer a eleição suplementar e assumir o Governo. Dois meses depois, em dezembro de 2017, Condera foi nomeado como assessor na Sejusc (Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos). No cargo, ele tinha direito a um salário bruto de R$ 4.200.


Em fevereiro deste ano, Condera, que sempre teve uma vida política agitada, finalmente se filiou a um partido político. Escolheu o Solidariedade, partido presidido pelo ex-vice-governador Bosco Saraiva, que comandou a SSP (Secretaria de Segurança Pública) no início do governo de Amazonino Mendes com a missão de conter o avanço da facção criminosa Família do Norte ( FDN).



Em junho deste ano, cinco anos após sua primeira prisão, Carlos Condera foi condenado por tráfico de drogas. Sua pena foi fixada em dois anos de reclusão, mas, como o processo prescreveu, sua punição foi extinta. Em agosto deste ano, Condera pediu exoneração do cargo no Governo.


Nas redes sociais, ele posta vídeos e fotos em apoio à reeleição de Amazonino Mendes e à reeleição de Bosco Saraiva.


A reportagem tentou falar com Carlos Condera e Bosco Saraiva, mas eles não foram localizados para comentar o caso.


Em nota, o Governo do Amazonas disse repudiar "qualquer tentativa de ligação do nome do Governador Amazonino Mendes com o tráfico de drogas".


A noda diz ainda que "o governador sempre combateu o narcotráfico em seus quatro mandatos e que Carlos Condera não tem participação oficial em sua campanha à reeleição".


O texto termina afirmando que "não havia impedimento legal contra a contratação de Carlos Condera.


Fragilidade


O UOL divulgou ainda um documento que mostra a fragilidade no sistema de Segurança Pública do Amazonas, onde as autoridades do Estado reconhecem que o Estado não tem condições de garantir a segurança do pleito (referindo-se às eleições) sozinha e por conta disso pediu apoio de tropas federais.

FONTE: Portal Holofote/UOL Notícias

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados