Sexta, 14 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Saúde

12/09/2018 ás 17h49 - atualizada em 12/09/2018 ás 17h56

184

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

HPS 28 de Agosto passou quase três meses com tomógrafo quebrado
No início deste mês, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) instaurou inquérito civil público 040.2018.000638, para apurar a questão
HPS 28 de Agosto passou quase três meses com tomógrafo quebrado
Divulgação

O Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, localizado na rua Recife, zona Centro-Sul, passou quase três  meses deste ano, com seu aparelho de tomografia computadorizada quebrado. O problema, que também ocorreu em 2017, deixou centenas de usuários que buscaram a unidade, na mão. O equipamento tem 32 anos de uso e está obsoleto. No início deste mês, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) instaurou inquérito civil público 040.2018.000638, para apurar a questão.


A situação foi denunciada pela população em julho deste ano. Apesar de o tomógrafo ter sido consertado em agosto, aparelhos quebrados são recorrentes nas unidades da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), que enfrenta dificuldades em administrar seus hospitais, deixando faltar insumos e medicamentos também. 


No início da semana, o governador Amazonino Mendes (PDT), candidato à reeleição, admitiu, durante entrevista a uma emissora de TV local, que a saúde está caótica. Questionado, por exemplo, sobre as constantes filas para atendimentos nas unidades do Governo do Estado, que foi um dos temas tratados na campanha do político, ano passado, no período que precedeu a eleição suplementar, ele comentou: " eu prometi arrumar a casa, não acabar com as filas".


Inquérito


O inquérito de autoria da promotora Silvana Nobre de Lima Cabral, para avaliar a situação do tomógrafo no 28 de agosto, tramita na 58ª Promotoria da Justiça Especializada na Defesa dos Direitos Humanos à Saúde Pública do MP-AM, e está disponível para consulta no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do órgão. 


Segundo o documento, informações solicitadas sobre o caso não foram prestadas pela direção da unidade de saúde e denúncias relacionadas à irregularidade do equipamento continuam, "infringindo a saúde, que é um direito de todos e dever do Estado".

FONTE: Portal Holofote

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados