Sexta, 21 de setembro de 2018
(92) 99183-2565
Polícia

16/08/2018 ás 18h30

493

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Trio é preso suspeito de tentativa de homicídio por dívida de R$ 800, no AM
Crime ocorreu na noite de quarta-feira (15)
Trio é preso suspeito de tentativa de homicídio por dívida de R$ 800, no AM
Reprodução

Um líder de facção e dois comparsas foram presos suspeitos de tentar matar um ex soldado do tráfico, de 21 anos, por uma dívida de R$ 800. O crime ocorreu no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus, noite de quarta-feira (15). Com o trio, foram encontrados um revólver e uma porção de drogas.


Wilson Senas de 32 anos, e os comparsas Klinsman Junior Lopes, 23, e Rafael Nunes da Costa, 20, foram presos durante operação deflagrada por policiais civis do 6º Distrito Integrado de Policia (Dip), junto aos militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).


Segundo a polícia, Wilson teria mandado matar o ex-soldado. Ele entregou arma para Rafael fazer o serviço, informou a polícia.


A própria vítima procurou a polícia, para dizer que tinha sofrido um atentado, por dever R$800 a Wilson. Ele levou um tiro na perna esquerda na tarde de quarta-feira 15, na rua Giruá, na comunidade Riacho Doce.


“A vítima falou para guarnição que havia trabalhado para o traficante conhecido na área do Riacho Doce 1. E, por conta de um dívida, ele teria ordenado fazer a tentativa de assassinato” disse a tenente Kelly Viana.


A prisão ocorreu por volta das 19h da quarta-feira. Uma arma de fogo calibre 38, com duas munições intactas e 44 porções de substâncias entorpecentes foram encontradas com os suspeitos.


Wilson havia sido preso pela polícia em fevereiro por tráfico de drogas e solto posteriormente pela justiça. Ele não quis falar com a imprensa.


Já Rafael disse que atirou para "defender a comunidade". “Ele estava roubando o bairro e isso ele não pode fazer, por isso atirei contra ele”, disse.


Eles foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma, tráfico de drogas, associação para o tráfico e associação criminosa.

FONTE: G1/AM

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados