domingo, 19 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Cultura

06/08/2018 ás 14h47

70

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Cultura afro-brasileira inaugura o primeiro show de agosto do Tacacá na Bossa
Com o show “Afrobrasilis”, James Rios e Márcia Siqueira inauguram a temporada do mês na próxima quarta-feira (8)
Cultura afro-brasileira inaugura o primeiro show de agosto do Tacacá na Bossa
Divulgação

Samba, rock, cirandas de Manacapuru e muito mais. A agenda do mês de Agosto do Tacacá na Bossa destaca os variados ritmos que afloram os quatro cantos do Brasil. Realizado sempre às quartas-feiras no Largo de São Sebastião, no Centro, o evento é gratuito e liberado para todos os públicos. 


Com o show “Afrobrasilis”, os cantores James Rios e Márcia Siqueira inauguram a temporada agostina no dia 08, a partir das 18h. Com mais de 20 anos de carreira, James conta que sempre esteve envolvido com a música baiana. A parceria com Márcia já vem de longa data e juntos dividirão mais uma vez o palco numa apresentação de valorização da cultura afro-brasileira. 


James adianta algumas das canções que cantarão no palco. “Músicas de Carlinhos Brown, Timbalada, Daniela Mercury, Olodum, Margareth Menezes, além de duas canções com percussionistas meus são alguns dos exemplos do repertório”, explica. 


Ainda na mesma noite, às 20h, a escola de Samba Reino Unido da Liberdade irá lançar no samba-enredo para o desfile no Carnaval de 2019: “Tambores, crenças e costumes afro-brasileiros”. De acordo com o diretor geral de harmonia da agremiação, Clemilton Pinto, o enredo foi escrito e pesquisado por ele em conjunto com Kátia Reis e Karen Rebeca. 


“A ideia de fazer o lançamento do enredo no Tacacá na Bossa é porque apresentaremos para a comunidade do samba na frente do maior templo de arte do Amazonas construído pelo negro maranhense. Faremos essa homenagem, já que nosso enredo falará sobre a influência do negro na nossa cultura, religião, culinária, arte e etc”, disse o autor o enredo. 


Na apresentação, a agremiação levará um pouco da cultura afro-descedentes como maracatu, capoeira, candomblé e entre outras atrações. “Levaremos principalmente o Carnaval, uma das maiores influências. Faremos um desfile apoteótico no Tacacá, algo ainda não visto ali, ou seja, apresentação em massa de uma escola de samba com seus setores como: comissão de frente, ala show, bateria, baiana, casal de mestre-sala e porta-bandeira”, complementa. 


Mais shows


Já no dia 15 de agosto, a partir das 19h, a festa fica por conta da apresentação das Cirandas de Manacapuru: Flor Matizada, Guerreiros Mura e Tradicional. No dia 22, também no mesmo horário, a banda de rock Platinados comanda o Tacacá, e em seguida, às 20h30, a Luneta Mágica encerra a apresentação.


Conhecido como a Terra do Guaraná, o município de Maués ganha no dia 29 de agosto, a partir das 19h, um Especial no Tacacá com apresentações de grupo de Gambá - ritmo musical típico do município, e bandas de Maués.

FONTE: A Crítica

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados