domingo, 19 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Economia

03/08/2018 ás 17h24 - atualizada em 03/08/2018 ás 17h43

120

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Bovespa fecha em alta de mais de 2%, puxada pelo avanço das ações da Petrobras
O Ibovespa subiu 2,26%, a 81.434 pontos; foi a maior alta diária em mais de um mês, e o patamar mais alto desde maio.
Bovespa fecha em alta de mais de 2%, puxada pelo avanço das ações da Petrobras
Miguel Schincariol/AFP/Arquivo

O principal índice da bolsa, a B3, fechou em forte alta nesta sexta-feira (3), acima de 81 mil pontos, guiado pela valorização ações da Petrobras, após lucro trimestral de mais de R$ 10 bilhões, com investidores também repercutindo positivamente os últimos desdobramentos do panorama eleitoral.


O Ibovespa subiu 2,26%, a 81.434 pontos. Veja mais cotações. Foi a maior alta diária em mais de um mês, e o patamar mais alto desde maio, quando o índice chegou a 82.738 pontos.


Na semana, o índice subiu 1,96%. No ano, há alta acumulada de 6,59%.



Ações da Petrobras


A Petrobras subiu 3,43% nas nas ações preferenciais (que dão preferência no recebimento de dividendos) e 3,48% nas ordinárias (que dão direito a voto em assembleias), após chegarem a avançar mais de 5% mais cedo.


A empresa fechou o período de abril a junho com o melhor resultado trimestral desde o segundo trimestre de 2011, 32 vezes maior que o observado no 2º trimestre de 2017 (R$ 316 milhões).



Para o Itaú BBA, a petrolífera de controle estatal divulgou números sólidos. A Petrobras ainda anunciou distribuição de R$ 652,2 milhões em juros sobre capital próprio no dia 23 de agosto.


O Goldman Sachs afirmou em relatório que o resultado da petroleira demonstrou habilidade da companhia em reduzir seu endividamento se realizar novas vendas de ativos, aproveitando o cenário de preços mais elevados do petróleo.



Conforme um analista que prefere não ser identificado disse à Reuters, o lucro da estatal superou as projeções do mercado, mas o Ebitda e a receita vieram, de modo geral, em linha com o esperado. No entanto, alguns pontos internos do balanço agradaram o mercado, como os resultados do segmento de exploração e produção e o menor endividamento da empresa.


Um outro operador ponderou que há um fluxo comprador de investidores estrangeiros nos papéis da Petrobras hoje, o que mantém os papéis em alta de mais de 4%.


Já Ari Santos, gerente da mesa de operações da H. Commcor, afirmou à agência que o balanço da estatal é repercutido num ambiente de tranquilidade nos mercados globais, o que ajuda a dar força aos papéis e ao Ibovespa como um todo.

FONTE: G1/AM

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados