domingo, 19 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Educação

02/08/2018 ás 10h10 - atualizada em 02/08/2018 ás 10h24

67

/

ADS promove curso gratuito de tratamento de peixe
Esta é a primeira edição do curso aberta ao público na capital, e está sendo ministrada pelos engenheiros de pesca do sistema da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), Aline Souza e Edson Luniere Porto
ADS promove curso gratuito de tratamento de peixe
Divulgação

Pensando em possibilitar uma renda extra à população em geral, a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), realiza, nesta semana, no  frigorífico da Betânia, zona Sul da cidade, o 1° curso gratuito de Beneficiamento de Pescado para 80 alunos, entre merendeiras, donas de casa, piscicultores e familiares de pescadores.


Esta é a primeira edição do curso aberta ao público na capital, e está sendo ministrada pelos engenheiros de pesca do sistema da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), Aline Souza e Edson Luniere Porto. As aulas serão divididas em duas turmas, sendo cada uma com 20 alunos.


A programação tem carga horária total de 16 horas (cada turma) e os voluntários vão aprender técnicas de como limpar o peixe de forma adequada e retirar espinhas, sem que haja desperdícios desnecessários. “O objetivo deste curso é incentivar as pessoas que trabalham diretamente com os peixes a fazerem novos produtos com a amabilidade maior”, explica Aline.


A engenheira completa que os participantes também estão tendo aulas de como reaproveitar o peixe de forma criativa, aprendendo a fazer bolinhos, kibes e linguiças da carne do pescado.


Técnicas


A engenheira afirma que qualquer pessoa pode aprender a retirar a espinha do peixe. Essa ação é popularmente conhecida pelos amazonenses como “ticar”.  "É bem fácil e todos com atenção podem aprender, ministramos o curso tanto para os produtores e pessoas da área, como também para as donas de casa que querem praticidade ao cozinhar", explicou.


O engenheiro de Pesca e Gerente da Cadeia Produtiva do Pescado da ADS, Tomás Sanches, conta que o curso terá atividades teóricas e práticas. “Serão quatro horas pela manhã e quatro horas à tarde durante dois dias. Os participantes vão aprender sobre como encontrar as espinhas, além de como trabalhar com o pescado, incluindo manuseio correto de facas, localização de espinhas dorsais (em formato de y) e da cauda. A técnica poderá ser utilizada para todos os tipos de peixe de escamas”, detalha Tomás.


As pessoas que vão participar dessa etapa do curso, estavam na lista de espera. “Devido a demanda de outros cursos que a ADS administra, não foram abertas inscrições. Mas em setembro teremos nova programação”, adianta Aline Souza.

FONTE: Portal Holofote

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados