domingo, 19 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Concursos

27/07/2018 ás 10h54

87

Portal Holofote

Manaus / AM

Concursos públicos oferecem mais de 10 mil vagas de emprego em todo o Brasil
Maior oferta de emprego no setor público do Amazonas está concentrada nos certames previstos para a área de segurança. Veja oportunidades
Concursos públicos oferecem mais de 10 mil vagas de emprego em todo o Brasil
EBC

Com a alta do desemprego, que já atinge 13,2 milhões de brasileiros, e o avanço da informalidade, os concursos públicos tornam-se mais atraentes do que nunca. Mais de 10 mil vagas estão abertas em diversos concursos públicos por todo o País. No Amazonas, os concursos confirmados já totalizam 2.003 vagas.


A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) lançou, na última semana, editais para concursospara Técnico-administrativos em Educação de nível médio e de nível superior. O certame disponibiliza 17 vagas para os cargos de nível médio e 25 vagas para nível superior.


O período de inscrição inicia em 6 de agosto e vai até as 17h do dia 21 do mesmo mês no site da Comissão Permanente de Concursos. Entre os cargos disponíveis para nível médio estão técnico em agropecuária, técnico em eletromecânica e técnico em enfermagem. Já para nível superior estão os de arquivista, fisioterapeuta, programador visual, contador, jornalista, entre outros. 


A remuneração para os cargos de nível médio é de R$ 2.446,96 e para superior, R$ 4.180,66. As provas serão realizadas no dia 16 de setembro, conforme os editais, nas cidades de Coari (AM), Humaitá (AM), Itacoatiara (AM), Parintins (AM) e Manaus (AM).


A maior oferta de vagas no Amazonas está nos concursos relacionados à área da Segurança Pública. O governo do Estado prepara a realização de concursos públicos que irão distribuir, no total, 1.421 vagas no funcionalismo público estadual. A maior quantidade de vagas é para aluno soldado da Polícia Militar, com 601 vagas. Só na Polícia Civil serão 424 vagas distribuídas entre cargos como delegado, investigador, escrivão, perito, auxiliar perito e padioleiro.


A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) vai contratar 108 agentes; o Corpo de Bombeiros tem 30 vagas para aluno oficial Bombeiro Militar, e 198 vagas para Aluno Soldado. Já a Polícia Militar oferecerá 661 vagas entre oficiais, cabos e soldados, este com 601 vagas. A organização deste concurso está a cargo de um grupo de trabalho e ainda não há data para realização dos concursos nem informações sobre os salários a serem oferecidos para as respectivas vagas.


Previsão


No início de julho, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) deu início aos preparativos para realização de concurso público para vagas em nível fundamental, médio e superior, conforme o presidente da Corte, o desembargador Yedo Simões. “Temos a pretensão de divulgar o edital do concurso ainda neste ano. Iniciamos o trabalho prévio, que envolve o estudo de demanda de profissionais; a realização de atos administrativos preparatórios; estudo de possíveis impactos financeiros, entre outros”, disse.


Idam e Adaf vão lançar editais


Órgãos de assistência técnica rural do Amazonas vão realizar concurso público: Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) para preencher 332 vagas e a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) com 208 vagas.


No Idam, os salários iniciais serão de R$ 6.570,95 para profissionais de nível Superior; R$ 3.942,57 para médio e R$ 2.202,20 para fundamental. O edital está previsto para ser publicado no final de agosto ou na primeira quinzena de setembro. A estimativa é que as provas sejam aplicadas em novembro ou no início de dezembro em Manaus, Parintins, Humaitá, Tefé, Tabatinga e Eirunepé.


Serão disponibilizadas 80 vagas para candidatos de ensino superior, 166 para nível médio e 86 para fundamental. As vagas oferecidas serão para engenheiro agrônomo, de pesca, florestal, mecânico, ambiental, alimentos e civil, médico veterinário, assistente social, biólogo, analista de sistema, geólogo; zootecnista, estatístico, contador e técnico em agroecologia. No nível médio, os cargos serão para técnicos em agropecuária, extensionista social e assistente técnico. Para nível fundamental, as vagas serão de auxiliar de serviço geral, motorista de veículo, motorista fluvial e vigia.


O edital do concurso da Adaf ainda não foi publicado e a previsão é que seja realizado em novembro, após as eleições.  Os salários serão superiores a R$ 6.570,95 para médicos veterinários, engenheiros agrônomos e florestal, por exemplo. Servidores de nível médio, como técnico de fiscalização agropecuária e agente de fiscalização agropecuária ganharão R$ 3.942,57. No âmbito do ensino fundamental, auxiliares de fiscalização agropecuária terão salários de R$ 2.297,95 e motoristas fluviais ou de automóveis receberão R$ 2.202,20.


Seleção no interior


A Prefeitura de Japurá abriu inscrições do processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais para compor equipe da Unidade Básica de Saúde Ribeirinho Fluvial, para atuar na zona rural. Os interessados poderão efetuar as inscrições até o dia 03 de agosto de 2018. O aviso do edital foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas da última segunda-feira. Não foi informado o número de vagas e os níveis de escolaridade.


Fora do Amazonas


Cinco concursos para as polícias Civil e Militar estão com inscrições abertas com o total de 3.106 vagas. Entre eles, a Polícia Civil de Sergipe com vagas para o cargo de delegado substituto, com remuneração inicial de R$ 11 mil. As inscrições vão até o dia 6 de agosto.


A Polícia Civil de Minas Gerais oferta 119 vagas para o cargo de escrivão, com remuneração inicial acima de R$ 4 mil e o concurso da Polícia Militar (PM) de  Minas Gerais oferece 1.560 vagas para formação de  soldados do quadro de praças: sendo 690 vagas para Belo Horizonte e 870 para o interior do Estado.


No Rio Grande do Norte, a PM oferta 1.000 vagas para soldado, das quais 938 para o sexo masculino e 62 para o feminino.


A PM e Corpo de Bombeiros do Espírito Santos realiza concurso para os cargos de oficial combatente, soldado combatente e soldado músico. São ofertadas 417 vagas com remuneração de até  R$ 5.823,07.


Para carreira militar, a Escola de Especialistas de Aeronáutica publicou edital para o curso de formação de sargentos para o segundo semestre de 2019. São ofertadas 279 vagas, sendo 128 para controle de tráfego aéreo,  para ambos os sexos, a depender da especialidade.


Cursinho é ótima porta


Concurseira há 10 anos, Jeane Lima possui um histórico de dedicação, esforço e vitórias. No início do curso de serviço social, ela ingressou no universo dos concursos e em dois anos foi aprovada em um certame de nível superior, porém não foi chamada. 


“Quem está iniciando nessa vida, fazer cursinho é uma ótima porta de entrada. Mesmo que você tenha nível superior é importante entrar no serviço público pelo nível médio. Essa foi a minha ideia para ter uma forma de sustento e recursos para continuar estudando”, disse.


A primeira experiência de êxito da assistente social foi em um processo seletivo e depois ficou quatro anos como concursada na área administrativa na Secretaria Municipal de Saúde.


“Em 2016, fui chamada no concurso do Ifam para nível superior. Depois de muito tempo de formada, consegui chegar ao cargo que almejava. Em todo momento é possível você estudar”. 


Hoje, Jeane faz aulas de língua portuguesa e estuda o conteúdo específico da área de formação através de livros e vídeos aulas.


Opinião


Hiran De Paula - professor de concursos há mais de 20 anos na área de Direito


Com 13 milhões de desempregados em todo o País, nós orientamos que as pessoas voltem a estudar. Sintam-se à vontade para procurar a estabilidade no serviço público. Nossa orientação é fazer um planejamento de estudos e se preparar com antecedência para não esperar o edital porque a concorrência é muito grande. Planeje-se, estabeleça metas de estudo  e estude mesmo. O primeiro passo para os estudos é iniciar com conhecimentos básicos. Um edital com dez disciplinas, seis são básicas e estudando antecipadamente é possível deixar as específicas para após a publicação. Cargos como analista técnico ou judiciário de tribunais é possível se preparar de seis a oito meses com a  média de 4 a 5 horas de estudo por dia. O cerne do concurso público é a resolução de questões. Sempre se envolver com as bancas porque elas evoluem muito rápido e você tem que acompanhar. A receita de sucesso é se preparar com antecedência, mesclar as opções de estudo  disponíveis para alcançar a tão sonhada estabilidade.

FONTE: Portal A Crítica

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados