Quarta, 26 de setembro de 2018
(92) 99183-2565
Cultura

29/06/2018 ás 12h28

226

/

No Garantido a ordem é impactar e ser campeão
Impactar é a ordem da diretoria e Comissão de Artes do Boi Bumbá Garantido
No Garantido a ordem é impactar e ser campeão
Divulgação

Parintins – AM – Impactar é a ordem da diretoria e Comissão de Artes do Boi Bumbá Garantido para vencer mais um Festival Folclórico de Parintins. Em coletiva de imprensa, no começo da noite desta quinta-feira, 28, foi apresentado o roteiro das três noites de evolução do projeto “Auto da Resistência Cultural”, tema definido para levar o espetáculo folclórico à arena do Bumbódromo, onde acontece a disputa.


'Nosso projeto é consistente, forte, ousado, feito para ser campeão. Sempre tivemos muita convicção do que queríamos. Vamos para arena com um espetáculo impactante, com um forte apelo em defesa da diversidade cultural', afirma o coordenador da Comissão de Artes, Edwan Oliveira.


No encontro com os jornalistas o presidente Fábio Cardoso destacou que a agremiação vai à luta pelo título com a força de um tema explorado para ser campeão. “O Garantido tem a obrigação de emocionar do princípio ao fim de suas apresentações. Vamos ser campeões pela força de todos nós, pela força da galera e pela convicção de que temos garra para vencer”, comentou Fábio.


O artista, músico, compositor e jornalista Fred Góes lembrou que ao longo dos anos o Bumbá vem construindo e fortalecendo o processo da resistência. “Transformamos o espetáculo do Boi para levar conhecimento, fundamentar o conhecimento. O Auto da Resistencia fortalece o que viemos fazendo há muito tempo. Fortalecemos o respeito à diversidade de caboclos, índios e negros”, pontuou Góes.


Ele lembrou a negritude do fundador do garantido, Lindolfo Monteverde e os preconceitos enfrentados pelo migrante maranhense, ao chegar a Parintins. “Tenho certeza que o Garantido vai dar uma grande contribuição a esse respeito à diversidade”, assinalou.


O “Auto da Resistência Cultural” será desenvolvido em três grandes espetáculos. Começa nesta sexta-feira, 29, com a noite da “Identidade e Resistência”. Segundo Edwan Oliveira, “com a força da identidade cultural de nosso povo”. O bumbá será o segundo a se apresentar.


No sábado, 30, o garantido abre a disputa com o espetáculo “Diversidade e Resistência”. No roteiro a identidade construída na miscigenação, povo misturado, fortalecido pela fé. Vai referendar o caboclo Sacaca e o Boi da Promessa, com o tributo a Lindolfo Monteverde.


Na terceira e última noite da disputa, domingo, o bumbá leva para a arena do Bumbódromo o espetáculo “Consciência e Resistência”, numa abordagem conclusiva do projeto Boi de Arena. Na abordagem da temática desta terceira noite, os construtores do projeto afirmam que “resistir culturalmente é acreditar que se pode fazer revolução com paixão, arte e criatividade”.



 

FONTE: Blog do Mario Adolfo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados