Sábado, 20 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Internacional

14/06/2018 ás 12h03 - atualizada em 14/06/2018 ás 12h10

293

/

Câmara argentina aprova lei que legaliza o aborto
O projeto de lei permite que o aborto pode ser feito até a 14ª semana de gestação.
Câmara argentina aprova lei que legaliza o aborto
Internet

A Câmara de Deputados da Argentina aprovou um projeto de lei que prevê a legalização do aborto, na manhã desta quinta-feira (14). O projeto agora passará ao Senado.


O projeto de lei permite que o aborto pode ser feito até a 14ª semana de gestação. Atualmente, o aborto só é permitido apenas em caso de estupro ou risco para a vida da mulher. Eram necessários 128 votos para aprovar ou vetar o projeto. Ele foi aprovado por 129 votos a favor e 125 contra. Também houve 1 abstenção.


O debate no plenário da Câmara durou mais de 20 horas, com divisão entre os deputados. Do lado de fora do prédio do Congresso, em Buenos Aires, manifestantes pró e contra a legalização do aborto fizeram vigília.


De acordo com o jornal "Clarín", deve demorar uma semana até que o projeto ganhe status parlamentar no Senado. O projeto pode ser votado apenas em setembro.

FONTE: Notícias ao Minuto Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados