Terça, 16 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Política

11/06/2018 ás 11h36 - atualizada em 11/06/2018 ás 12h14

305

/

Temer tem rejeição de 82%, a maior da história do Brasil
Os números mais recentes tornam Temer o presidente mais impopular da história do país.
Temer tem rejeição de 82%, a maior da história do Brasil
Internet

Uma pesquisa divulgada neste domingo (10), mostrou o aumento do índice de rejeição do presidente Michel Temer. Após a greve dos caminhoneiros e indícios de uma lenta retomada da economia, influenciaram em 12 pontos porcentuais a taxa de reprovação da gestão Temer - 82% dos brasileiros entrevistados consideram o governo de Michel Temer péssimo ou ruim. O índice é ainda maior do que o da pesquisa anterior, divulgada no dia 15 de abril, que foi registrada em 70%.


Os números mais recentes tornam Temer o presidente mais impopular da história do país, no período pós redemocratização, batendo seu próprio recorde de reprovação. Atrás dele aparece a ex-presidente Dilma Rousseff que em agosto de 2015, pior momento de seu governo, atingia 71% de rejeição entre os brasileiros.


Antes dela, a pior taxa de rejeição tinha sido de Fernando Collor, em maio de 1992, com 68%. O presidente abriu seu governo rejeitado por 31% dos brasileiros, mas o percentual subiu já nos meses seguintes. O Planalto não quis comentar o resultado.

FONTE: Correio 24 Horas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados